Eu

Sou visto por muitos como arrogante, ofensivo até mesmo cruel. Não sei se sou assim, não sei se não sou assim, tenho dúvidas sobre minha própria personalidade, tenho medo de ser diferente, mas também de ser igual a todas as outras pessoas.

Tantas vezes julgado como incorreto, sem ao menos ter cometido algum  pecado, algum crime ou atos menores do que isso. Sou errado por não amar a guria que diz me amar? Sou errado por não sentir o mesmo? Acho que não, escolhi não amar, mas a guria não me fez sentir, então deixou de ser falta de interesse minha e passou a ser incapacidade dela de me fazer amá-la.

Sinto que fico melhor sozinho, no meu quarto, do que perto de muitas pessoas. No meu quarto eu consigo pensar, consigo me descobrir, me projetar, sonhar, coisa que não consigo fazer sobre pressão, acompanhado, até mesmo quando não me olham, mas estão por perto.

Dizem que a solidão é a pior das companhias, mas pra mim, ela é a melhor. É preso em meu próprio mundo que eu vejo quem eu realmente sou, é sozinho que eu me encontro, ou pelo menos, paro de me perder. Parece que cresço anos aqui dentro, e quando saiu, volto a minha idade natural, deixo de ser tão sério e passo a ter mais sentimentos, pelo menos perto de quem eu amo.

Me julgam errado por muitas vezes não pensar igual, por não ser previsivel ou por até mesmo, nunca concordar com opiniões alheias. Não que eu seja sempre do contra, mas eu na maioria das vezes acho que não sabem o que decidem nem por eles mesmos, quanto mais por mim. Dizem que sou mal por não sentir e muitas vezes por ser tão sério quando falam de amor comigo. Não que eu não tenha coração, mas a dona dele não o aceitou quando eu o dei, então, passei a esboçar poucos sentimentos, para muitos, isso é uma autodefesa, para mim, simplesmente evolução.

Se eu sou mal por não demonstrar que gosto, aceito ser mal, se sou mal por não concordar quando vejo que não gosto, aceito ser mal, se sou mal por nunca mais dizer “eu te amo” pra alguém, aceito ser mal, se sou mal por gostar de estar sozinho, aceito ser mal, mas pra mim, sou um mal necessário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: