distante, vazio e insosso

Tudo parece estar tão confuso, tão distante, tão vazio, tão insosso. Parece que tudo se perdeu em questão de dias, minutos, segundos, não sei dizer, mas parece ter desaparecido totalmente no horizonte sem fim, onde todas as perdições se encontram.

Chego a pensar que a culpa é minha, pois eu que não consegui segurar, eu que não consegui suportar, fazer ficar, não assumi que amava, não falei que precisava e então, tudo se foi, assim, tão rápido, que nem dor chegou a causar, simplesmente partiu.

Não vou dizer que quero que volte, pois não fiz por merecer a perda, simplesmente escolheram por si só partir, mas de certo modo, sinto falta, sinto vontade de ter por perto, sinto o toque , sinto o cheiro e sinto remorso, por não lutar contra isso tudo.  Mas nem sempre de batalhas e conquistas vivem o homem, as vezes perdendo se cresce mais.

Só prometi não chorar, tentar não sofrer e nunca pedir pra voltar, pois a escolha foi simplesmente sua e vai continuar sendo exclusivamente sua. Quando quiser voltar, sinta-se a vontade, eu entenderei a sua escolha, mas se apresse, pois um dia a porta se fecha e o cimento, no caso as memórias, se apagaram e lacraram a mesma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: