sem título

  Cai. Não consigo levantar.

  Estou completamente sem forçar para reagir e aguentar mais esse assalto no ring chamado vida, nessa luta com o adversário que se chama amor. Não aguento mais ser derrubado, nocauteado, apanhar sem por que e persistir em levantar, por algo que parece que nunca vai acontecer.

  Tenho dores, marcas, feridas que nunca cicatrizam, por persistir em lutar por alguém que parece querer me ver cair, alguém que parece só querer que eu seja mais um, enquanto eu quero ser o único.

  Não aguento mais lutar e ao mesmo tempo pensar em formas de satisfazer seu desejos, matar suas dúvidas e contigo enfrentar seus medos, apenas pelo leve motivo de vc não esboçar amor, não esboçar carinho, não esboçar desejos e o que mais dói, não trocar olhares e palavras, com esse alguém que tanto quer te ver bem.

  Faço meu tempo se dividir em bilhões de pedaços, dia após dia, para ter mais tempo de pensar em você, mais tempo para lutar por você, mais tempo pra arrancar nem que seja um sorriso acanhado, dessa boca que eu tanto desejo junto a minha, por amar incondicionalmente, você.

  Mas nem todo amor resiste ao tempo, nem todo escudoprotege o peito, e eu estou desarmado e sem defesas, apenas esperando por você.

  Uma única palavra poderá decir essa história, e essa, terá que partir de você. Só peço que não demore, pois não sei mais quanto tempo vou aguentar , em pé, nessa luta sem fim, desarmado e sem defesas , apenas esperando por você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: