Decepção 2.0

  Simplesmente me torturei para descobrir modos de te fazer rir.
  Simplesmente acreditei que um dia o sentimento seu fosse o mesmo que o meu.
  Simplesmente dei meu sangue, simplesmente vendi minha alma, por alguém que não deu valor, pelo amor que lhe jurei e por aquele quem sou.

  Simplesmente desisto de me queimar com a brasa do cigarro, que me acalmava quando pensava em milhões de maneiras para parar de pensar em ti, para fazer você sair da minha cabeça.

  Simplesmente me embriaguei de esperanças que nunca passariam de ilusão.

  O ruim não foi te conhecer. O ruim foi saber que nunca passei de um surto rápido para você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: