Archive for julho \30\UTC 2009

pedido de perdão.

julho 30, 2009

  Esse é um daqueles momentos, em que você preferiria mil vezes não ter feito algo, mas fez. Fez sem pensar, simplesmente, agiu, indevidamente, mas agiu.

  Queria não ter que estar aqui agora, para escrever essas palavras, para tentar por no papel a magoa que estou sentindo, não por ter feito esse ato, mas pelo que ele causou, para mim e para você.
  Não posso apagar isso, mas queria me redimir. Motrar pra ti, que esse amor que sinto é verdadeiro, puro e de todo o coração. Mesmo com esse erro, meu sentimento não mudou, e queria, queria não, quero, que você veja que a dor está pesando dentro de mim enquanto escrevo pensando em você, como todas as outras vezes que escrevi pensando em você, por ser o verdadeiro amor, por ser minha inspiração. Não só aquela que me dispertou um sentimento apagado, mas aquela que me reensinou a viver.

 

 

  Me perdoa, amor.

Anúncios

“/

julho 30, 2009
não tem como me arrepender, pois o tempo não volta atrás

não tem como não sofrer, por estar a um passo de te perder

não tem como saber, se posso ou não me redimir desse erro

não tem como dizer, nem com todas a palavras o quanto estou perdido por isso

não tem como fazer, ou poderia ter, um jeito de eu me desculpar.

 

não tem como esquecer, que é com você que eu quero estar

Desabafo 2.0

julho 27, 2009

  É certo que sacrificios sejam feitos por nós para proteger as pessoas que amamos? Penso plenamente nisso a partir desse momento.

  É duro abrir o peito para tomar tiro, mesmo sabendo que com isso, você está protegendo uma pessoa importante pra si. Mesmo assim, faço esse sacrifício. Abrindo mão de sentimentos guardados a sete chaves para não deixar a alma de uma pessoa pura se perder na escuridão que é minha vida, um mundo de sonhos perdidos e desilusões que me levam cada vez mas a decadência, não só mental mas sim corporal.

  Faço isso para que a pessoa não caia no meu mundo de incertezas e decepções, protegendo a mesma, de mim, um homem que não tem mais a certeza de que arriscar possa valer apena.

Quando

julho 24, 2009

  Quando uma só palavra muda toda uma história.

Quando um sentimento deixa de existir por falta de força de vontade.

Quando amar não é o bastante.

Quando estar vivo não basta.

Quando a alma se perde na escuridão das sombras.

Quando a vida não tem mais sentido. O que fazer?

  Simplesmente esquecer o que não faz bem e construir uma vida nova se autodefendendo do que possa te afetar.

  Construa sua história, não deixe que outros a contruam por você.

  Seja forte, não baixe a cabeça. São raras as pessoas que vão te ajudar a levantar, mas muitas vão querer te derrumar. Não deixe, não se intimide, palavras são somente palavras na maioria das vezes, se torne mais forte que elas próprias, não deixe que um comentario maldoso acabe com suas estimativas. Sempre lute pelo que quer e nunca, mas nunca mesmo desista dos seus sonhos, pois são eles que dão na vida o prazer de viver, deixando apenas de ser uma ação sem sentido e objetivos.

Pensar

julho 24, 2009

 

  Me sinto perdido em meio a multidão, não só feita por pessoas, mas também de pensamentos permanentes que me fazem pensar e repensar no que eu quero fazer e no que eu quero ser.

  Sempre me pergunto se isso é o que eu realmente quero ou se é somente um capricho que eu quero fazer para mim mesmo e as respostas sempre me afirmam, é o que eu quero ser.

  Mesmo sabendo o que eu quero, ainda me pergunto se é certo, se terei apoio, se fará bem pra mim ou se pode me levar a ruina, e continuo vivendo cheio de dúvidas e meu autoquestionando por ser tão grande a angustia de não ter todas as respostas. Mesmo assim, sigo sempre em frente em busca de coisas que possam me fazer bem, mas se alguma me fizer mal, saberei me defender e não me autodegradar como acontecia antigamente enquanto pensava que eu era frágil. Mas agora, descobri uma força surpriendente que estava escondida dentro de mim, uma força que basta uma leve ação para se manifestar. Pensar.

Esperar

julho 22, 2009

  Esperar, palavra que insiste em aparecer. Dia após dia, como é de praxe, lá está a palavra.
  Esperando o celular dispertar, esperando dar a hora pra eu levantar. esperando o café da manhã ficar pronto para eu tomar, esperando o trêm, esperando o ônibus, esperando o horário de entrar para trabalhar, esperando o horário para sair do trabalho.

  Todos os dias a mesma rotina. Rotina, todo o dia a mesma coisa, busca de objetivos, trabalho e no final do dia aquele cansaço aparente. Sempre foi assim, sempre vai ser.

  A rotina pode não mudar, mais as pessoas sim, os sentimentos também. Mudei meu jeito de ser, de pensar, de agir em relação a muitas coisas. Umas por escolha própria, outras por obrigação. Para o meu crescimento continuo e sem fim tive que mudar. Tive qe mudar para alcansar objetivos, metas, pontos mais altos, almejar novas coisas, objetivos. Realizar meus sonhos, as vezes muda-los e desistir, se for obrigado, até mesmo para CRESCER e saber que só assim serei alguém melhor, alguém maior, alguém.

Desabafo 1.0

julho 19, 2009

  Penso sinceramente que eu não posso ficar com você, penso em mil hipóteses do que possa acontecer para que você se afaste de mim, mil problemas que possam ocorrer causando brigas e inevitavelmente nos separar.

  Será que é normal eu ser pessimista assim?

  Pode ter ár de pessimismo, mas acho que isso realmente é medo. Medo de não ser bom o bastante, medo de não poder te fazer feliz, medo de não ser aquilo que você esperava que possa ser pra ti, medo até mesmo de achar que eu não possa atingir as minhas espectativas próprias e te amar completamente, para sempre.

  Posso abrir mão dos meus sonhos para ter você, deixar meus desejos de lado para te dar todo o carinho possivel.

  Espero que um dia você passe por aqui e leia isso, pois estou fazendo o possivel para poder ficar ao seu lado e tentar te fazer feliz.

  Esperando o tempo que não tenho, buscando a paciencia que não existe mim, para esperar por você.  Te amo de verdade.

O gramado do vizinho é sempre mais verde

julho 19, 2009

  O gramado parece ser mais verde no quintal do vizinho. Sempre me perguntei o que isso queria dizer, até que finalmente passei a entender. Nunca as coisas estam boas o suficiente para nós, mas por que isso?? Pq sempre achamos que as coisas que os outros tem é melhor que as coisas que nós temos? Ele é mais rico? Merece mais do que eu? Sou invejoso?

  Seriam as perguntas sem respostas, mas certas a fazer nesse momento.  Não espero que essas perguntas sejam respondidas, mas sim que o meu” gramado”, a minha vida volte a ter cores, por não aguentar mais esse meu mundo em preto e branco.

Amor

julho 15, 2009

  Outro dia começa. A primeira coisa pensada não foi o que eu deveria fazer hoje, o onde eu teria que ir ou quem eu teria que encontrar. A primeira coisa que pensei foi em você.

  Como você está? Por onde vc anda? Quando vou te ver? Será que ela também pensa em mim?

  Será que ela pensa em mim? Boa pergunta, queria muito saber a resposta, mas tenho medo de sabê-la. Tenho muito medo mesmo, pois pode ser uma resposta que não vou gostar de saber, mas mesmo assim, eu ainda quero saber!

  É a pergunta que vai mudar minha vida, meus pensamentos, minha forma de agir ou falar com você, eu preciso muito dessa resposta, mas não tenho a coragem de te perguntar, pois sei que em seu coração existe um outro alguém, mais forte que eu, e  que é esse que você deseja realmente ter.

  Não me importa ser menor, não me importa ser menos poderoso, só queria saber se pensa em mim como eu penso em você, para que eu possa sentir ao menos uma ponta de esperança, para lutar por aquela que me reensinou a amar.

Carta de suicídio

julho 14, 2009

 Cansei de sofrer, cansei de esperar, cansei de te amar.
  Cansei até mesmo de acreditar em mim, e ver que tudo isso foi em vão. Que nunca vou alcansar meus sonhos. Então achei melhor desistir deles. Todos eles.

  Se essa for realmente a solução, vou me agarrar a ela, como se fosse minha única salvação. Uma benção que  pode me tirar desse espaço vazio que as pessoas vivem chamando de mundo. Um espaço em que eu não me encontro mais.
  Estas podem ser minhas últimas palavras, pois estou determinado a fazer isso. Seja como for, morrerei aqui e agora.

 Meu desejo maior de momento é esse, e mesmo se isso realmente não acontecer, fisicamente, mentalmente eu morri, e só deus sabe se vou renascer ou morrer para sempre.

  Está tudo nas mãos dele e se for o melhor a fazer. Já estará feito.